• Cá Souza

QUANDO EM ROMA: roteiro de 3 dias pelo antigo Império

Atualizado: 17 de abr. de 2021

Roma possui mais de 2700 anos de história e foi palco de um império que entrou para a história da humanidade.

Uma das coisas que mais me encantou é que você pode conhecer Roma a pé! Andando pelas ruas de Roma você vai respirar essa grande história ao se deparar a cada esquema com monumentos e ruínas.


Se você é fã de cultura e arte estará no paraíso. Se não é, aposto que sua curiosidade vai te fazer conhecer um pouco mais dessa cidade que agregou tanto para a história do homem.


Confira agora como foi minha experiência em Roma e dicas pra você planejar sua viagem!


Atrações em Roma Coliseu
 

Nesse post você vai encontrar


  • Melhor época para ir à Roma

  • Como chegar em Roma saindo de Paris

  • Hospedagem em Roma

  • Como andar por Roma - dicas de transporte

  • O que fazer em Roma - roteiro de 3 dias

  • Onde comer em Roma

  • Quanto custa viajar para Roma

 

Melhor época para ir: quando em Roma?


A melhor época para ir à Roma é na primavera (março a junho) e no outono (setembro a dezembro).

Eu tive a oportunidade de conhecer Roma em julho de 2012, era verão e estava muito quente! Depois fui novamente em maio de 2017, de dia fazia bastante calor e a noite era mais agradável.


Como chegar em Roma saindo de Paris

Saímos do aeroporto de Paris Oyly pela companhia Vueling em direção ao Roma Fiumicino. São duas horas de avião e a viagem foi tranquila.


Chegando ao aeroporto de Roma, na plataforma de ônibus tem algumas empresas que fazem o trecho até a estação de trem Roma Termini, local onde ficamos hospedados. Compramos na hora a passagem por 5 euros na empresa Terravision. A viagem foi tranquila e demorou mais ou menos 45 minutos.


Onde se hospedar em Roma


Se for sua primeira vez escolha hotéis ou pousadas próximas a atrações no centro turístico de Roma, como o Coliseu.


O ideal é evitar a região da estação Termini (o que eu fiz de errado rsrs), porque fica distante de tudo e ainda não é tão segura.


Como íamos embora de trem da estação Termini, escolhi ficar em um hostel próximo a essa estação. O prédio em que os quartos ficavam era meio antigo e não curti tanto o quarto, sabe quando você entra e sente aquele cheiro de coisa guardada há tempos?


Era limpinho claro, mas se você tem algum tipo de alergia não é uma boa. O meu noivo mesmo ficou com uma alergia no pescoço o resto da viagem, e a gente desconfiou que seria por causa de ácaro no colchão.


O hostel se chama Rome Point Inn e ficamos em um quarto para dois com banheiro privado. O funcionário da recepção foi bem simpático (aliás a recepção fica em um prédio ao lado de onde ficam os quartos).


O café da manhã estava incluso na diária e era num esquema diferente, o hostel tem parceria com uma lanchonete próxima, e ganhamos os tickets de papel para cada dia.


Foi o melhor cappuccino que tomei na vida, muito bom mesmo! E para comer normalmente era croissant doce.


Café da manhã em Roma

Transporte em Roma: como andar


Pra começar, Roma é uma cidade que dá pra fazer tudo a pé! Quando conheci a cidade sozinha em 2012 (ano que fiz intercâmbio), fiz tudo andando e não me arrependi! Comprei um mapinha na estação de trem e botei os pés pra jogo! Além de economizar, você conhece a cidade mais por completo.


Nesse mochilão fui com o mesmo intuito e só peguei o metrô apenas para ir ao Vaticano (da minha primeira vez fui a pé também, umas 2 horas de caminhada desde a estação de trem).


O que fazer em Roma


Roteiro dia 1


Como falei acima, compramos um mapa na estação de trem e seguimos a pé até o Monumento Nazionale Vittorio Emanuele II. Ao chegar à praça onde fica o monumento já dá para ter uma ideia de que as construções da cidade são sem iguais, parece que você está num livro de história.


Atrações em Roma Monumento Nazionale Vittorio Emanuele II

No interior do monumento você vai encontrar salas com histórias de relíquias de guerra, como o submarino da foto. No terraço é possível apreciar uma bela vista de Roma.


Antiguidades em Roma
Vista Panorâmica de Roma

De lá, seguimos para achar a linda Fontana Di Trevi, obra de estilo barroco. Além de ser a maior fonte de Roma, ela é cheia de significados.


História Fontana di Trevi

Em sua parte superior ficam quatro estátuas que representam as estações do ano. No centro está o Deus do Oceano conduzido por dois cavalos marinhos: um deles está tranquilo e o outro empinado, o que simboliza os estados do mar, as vezes calmo e as vezes agitado.


Atrações em Roma Fontana di Trevi

O chafariz da frente simboliza o mar, e nas laterais duas estátuas que representam a Salubridade e Abundância. E claro, a famosa tradição na Fontana Di Trevi é jogar uma moedinha na fonte: de costas, com os olhos fechados, com a mão direita pelo ombro esquerdo para voltar à Roma. Eu joguei e voltei :)


Jogar moeda na Fontana Di Trevi tradições Roma

Uma #diCah é tomar um delicioso gelato enquanto aprecia a fonte. Nós ficamos obcecados por essa da foto da gelateria Melograno, três sabores por 4 euros.


Onde tomar gelato em Roma

Da Fontana seguimos para o Pantheón na Piazza Della Rotonda. O templo politeísta foi construído em 25 A.C., mas sofreu um incêndio e foi reconstruído como templo católico em 118 D.C. Atualmente, abriga sarcófagos de reis italianos e algumas figuras importantes da história do país.


o que fazer em roma Pantheon

Seguimos para a Piazza di Spagna, com suas escadaria que levam até a Igreja Trinità dei Monti. Sentamos nos degraus da escada para descansar um pouco (muita gente sentada a toa também).


Piazza di Spagna o que fazer em Roma

No centro da Piazza tem uma fonte no formato de um barco e os romanos a chamam de La Barcaccia, velha banheira.


vista piazza spagna roma

E continuamos na saga das Piazzas (o que mais tem em Roma é Piazza, Fontana e Igreja. A próxima foi a Piazza del Popolo, grande praça com muita riqueza histórica.


No seu centro está um obelisco egípcio que foi trazido até Roma pelo Imperador Augusto e duas Igrejas Gêmeas, chamadas assim por serem simétricas: Santa Maria in Montesanto e Santa Maria dei Miracoli (estava em reforma).


o que fazer em roma

Ainda tem mais uma igreja, a Santa Maria del Popolo, que tem acervo de obras incríveis como de Caravaggio. Acima da praça fica o Parque Borghese, da onde se tem uma vista bem bacana da Piazza.


igrejas em roma

A última parada do dia e onde decidimos jantar foi na Piazza Navona, uma praça grande cercada de cafés, artistas de rua e restaurantes.


o que fazer em roma

Roteiro dia 2


Iniciamos o segundo dia em roma indo ao Coliseu, uma das 7 maravilhas do mundo moderno.


Ele foi inaugurado no século I D.C. e aconteceram 100 dias de jogos para comemorar essa inauguração. Além das lutas de gladiadores, também ocorriam batalhas navais, nas quais o chão da arena era inundado por água pra dar mais realidade ao confronto. As atividades do Coliseu foram encerradas em 523 D.C. O ingresso para o Coliseu também inclui a visita ao Foro Romano (vale por 2 dias) e eu preferi comprar pela internet pra não pegar fila. Comprei pelo site oficial por 14 euros. #diCah: Todo domingo do mês a visita é gratuita! :)


coliseu roma
Imponente Coliseu
coliseu roma
dicas de viagem roma
roma viagem europa

Caminhamos uns 20 minutos em direção à famosa Boca de Veritá, cuja lenda secular diz que arranca a mão dos mentirosos.


Uma coisa estranha que aconteceu aqui foi que tinha uma fila pra tirar essa foto, e na saída a gente deveria passar por dentro do templo ao lado, que eu acho que é uma Igreja. Como eu estava de shorts, tinha um segurança que não me deixou entrar.


Só que ao invés do cara se expressar direito e falar que não podia e tals, ficou só fazendo sinal com a mão tipo "xo xo xo" e "no no no". Achei falta de educação da parte dele, estava um calor do agreste e imagina quantos turistas estavam de shorts/saia, ele já deveria estar acostumado pra saber lidar!


andar por roma

Enfim, seguimos em mais uma caminhada pelo Bairro Trastevere, um bairro bem calmo, com ruas floridas, restaurantes e bares bem charmosos. É um lugar lindo e diferente para incluir no seu roteiro de Roma.


turismo em roma
roma roteiro 3 dias

Almoçamos por lá e fomos até a colina Gianicolo, a oitava colina de Roma, de onde se tem uma vista bem bonita da cidade e pode descansar na sombra de mais uma bela Fontana. Você também vai encontrar uma estátua do herói Garibaldi na Piazza Giancolo (ou Garibaldi). 


dicas mochilao pela europa

Encerramos o dia voltando à Fontana di Trevi pra ver a iluminação noturna e tomar mais um gelato.


Roteiro dia 3


O terceiro dia foi dedicado à Cidade do Vaticano e como eu mencionei antes foi a única vez que andamos de transporte público. Pegamos o metrô (bilhete 1,50 euro) até a estação Ottaviano/San Petro (linha A vermelha) e de lá é só seguir as placas.


Compramos o ingresso para o Museu do Vaticano pela internet (site oficial), achei que compensou muito, pois além de ir com horário marcado, pulamos a gigantesca fila da entrada.


O museu é cheio de relíquias da Igreja, quadros, história dos papas e claro, a obra queridinha: os afrescos da capela Sistina de Michelangelo!


capela sistina

É uma obra incrível, tem alguns banquinhos (bem disputados) pra apreciar o teto com mais calma, mas ficam vários seguranças na sala mandando as pessoas não ficarem paradas, irem andando e checando se não tem ninguém tirando foto (desculpas gente, mas eu não paguei vários euros pra não tirar nem uma fotinha dessa obra prima, eu arrisquei, sem flash claro).


Outra arte famosa é a "Escola de Atenas", fica na Salas de Rafael, na qual retrata filósofos como Aristóteles, Sócrates, Platão e Diógenes. No último domingo do mês a visita ao museu é gratuita (fica aberto até 12h).


vaticano roma

Depois do museu o plano era entrar na Basílica de São Pedro, mas a fila estava maior que a extensão da muralha da China e aí desistimos.


vaticano roma como chegar
vaticano roma dicas viagem

Deixei aqui a foto que tirei na minha visita em 2012, mas o interior da Basílica é bem bonito, vale a pena, assim como subir na cúpula. Dá pra ter uma vista bem legal da cidade. A subida até lá não é tão fácil, tem um momento bem antes de chegar em que as escadas e o teto se estreitam, se você tem claustrofobia vai sofrer um pouco...


vaticano o que fazer
Roma vista panorâmica
Vista Basílica de São Pedro
dicas de viagem roma

Estava muito quente nesse dia. Descansamos um pouco no parque ao lado do Castelo Sant Angelo, que fica à margem do rio Tibre e diante da ponte San't Angelo. Hoje o castelo é um museu e preferimos não visitá-lo. A ponte que leva até ele possui doze estátuas de anjos, esculpidas por Gian Lorenzo Bernino, vale uma parada para apreciar.


guia de viagem roma

Como falei antes, o ingresso do Coliseu também dá direito ao Foro Romano e Palatino e deixamos a visita para esse dia, pois achamos que ia ficar cansativo.


final de semana em roma

Voltamos de metrô para a estação do Coliseu e de lá é bem pertinho a pé. O Palatino era uma colina que formava o centro de Roma durante o Império e onde ficavam os prédios mais importantes, como o órgãos do governo, tribunais e templos religiosos.


As principais ruínas que você vai encontrar são o Arco de Tito (81 d.C.), Templo de Saturno (século V a.C.) e a Basílica Giulia (datada de 54 a.C.).

roteiro roma

guia de viagem roma

o que fazer em roma
guia de viagem roma

Comer (muito) em Roma


Uma diCah muito importante é não gastar dinheiro com água em Roma. São mais de 2500 fontes de água potável espalhadas pela cidade, então compre uma garrafinha e vá enchendo quando quiser!

roma viagem dicas
roma viagem e turismo

Dessa vez me sinto na obrigação de falar sobre a comida, porque foi o lugar da viagem em que comemos melhor e um ótimo custo x benefício. A média das nossas refeições eram em torno de 16 euros, com prato principal e bebida (normalmente refrigerante), pode não parecer muito barato se converter para reais, mas as porções eram muito bem servidas, além de deliciosas.


Coloquei as fotos abaixo para ter uma ideia dos pratos e claro, te deixar com água na boca :)


roma viagem dicas

Quanto custa viajar para Roma


Eu achei Roma relativamente uma cidade barata. Confira todos os gastos na minha fiel escudeira Cahlculadora de viagens (valores de maio/2017 por pessoa).


Cotação do euro: R$ 3,55


preço viajar roma
Cahlculadora de Viagens
  • Aéreo: Compra em reais no cartão de crédito.

  • Hospedagem: Compra no cartão de crédito: 101,50 euros = 375 reais + 21 euros no check in.

  • Transporte: Bilhete aereo-Roma Termini: 5 euros | 2 bilhetes de metrô no dia do Vaticano: 3 euros.

  • Passeios: Coliseu: 14 euros | Vaticano: 20 euros (comprados no cartão de crédito - valor em reais conforme a taxa do câmbio da fatura).

 

Gostou das dicas de viagem para Roma? Confira também outros roteiros de destinos para um mochilão pela Europa. Se quiser mais dicas de viagem me siga no instagram @contadoradeviagens. Tem vários destaques nos stories com #diCáhs das viagens que faço.


#contadoradeviagens #travel #dicasdeviagem #roma #viagemeturismo #rome #visiteroma #viagemdosonhos #mochiçãopelaeuropa #eurotrip #planejamentodeviagens #roteirodeviagem #comoplanejarumaviagem #italia #italy #oquefazeremroma

 

Vai viajar? Reserve sua viagem aqui! Usando os links disponíveis no blog você contribui para que o Contadora de Viagens continue produzindo artigos de qualidade e não paga nada a mais por isso! Planeje agora sua próxima viagem clicando nos links:

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo